Atlético-MG é derrotado pela Caldense de virada e perde invencibilidade no campeonato estadual

Pela segunda vez a Veterana venceu em uma mesma edição do Campeonato Mineiro o Galo, o Cruzeiro e o América. A primeira vitória sobre os três times de Belo Horizonte foi em 1974

Por: Julia Simões Romano | 01 abril - 20:55

Nesta quinta-feira (01), a Caldense venceu o Atlético Mineiro por 2 a 1, em casa, e o time visitante acabou perdendo sua invencibilidade de 100% no Campeonato Mineiro com a virada da Veterana, mas mesmo assim o Atlético continua liderando graças ao seu saldo de gol na competição apresentando 15 pontos e, logo em seguida, está o América-MG. Já a Caldense ocupa a terceira colocação com 11 pontos.

Pela sétima rodada do Campeonato, o líder da competição volta aos gramados no domingo (04), às 16h, para enfrentar o América-MG no Mineirão. A Caldense, no mesmo dia, joga contra o Pouso Alegre, no estádio Manduzão, às 15h30.

No primeiro tempo da partida, o Atlético Mineiro apresentou dificuldades no setor ofensivo e viu a Caldense, aos 14 minutos iniciais, realizar sua primeira finalização. Após oito minutos, o Galo foi decisivo na cobrança de falta batida por Nacho Fernández, que resultou no gol de cabeça do jogador Keno. O time da Veterana seguiu ameaçando a defesa do Atlético, mesmo com o time visitante apresentando uma melhora depois do primeiro gol.

Já no segundo tempo, a Caldense aumentou a pressão e logo aos 4 minutos iniciais empatou a partida com a finalização na área de Verrone. O comandante Cuca realizou algumas substituições para mudar o rumo do jogo e colocou Savarino e Hyoran, mas não modificou tanto a partida. Depois o técnico substituiu Hulk e Keno por Eduardo Sasha e Marrony e, aos 36 minutos finais, o Atlético viu Tonini marcar o segundo gol da partida após roubar a bola de Hyoran no campo de ataque.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS:

Champions, Libertadores, Copa do Brasil; confira as decisões do mês de abril

Após 10 dias de atraso, Soteldo está de volta ao Santos

Confira os últimos acontecimentos no Estado de São Paulo:

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você