Após sete anos, Corinthians volta a vencer o Santos na Vila Belmiro e fica a um ponto de classificação

Após o clássico, torcedores do Peixe protestaram em frente à Vila Belmiro

Por: Thaynara Bernardo da Silva | 26 abril - 06:22

Neste domingo, o Corinthians venceu o Santos por 2 a 0, na Vila Belmiro, e encerrou o longo jejum de sete anos  sem vencer na casa do rival – última vitória aconteceu em 2014, desde então foram sete clássicos e sete vitórias santistas. A vitória só aumentou a pressão no Peixe, que vive uma péssima fase e já acumula três derrotas seguidas. Os gols do Timão foram marcados pelas pratas da casa, o zagueiro Raul e o lateral Lucas Piton.

Agora, o Corinthians está apenas a um ponto de assegurar vaga na próxima fase. Já o Santos tem situação mais difícil, principalmente às vésperas de um jogo com ninguém mais, ninguém menos, que Boca Juniors, na La Bombonera, pela Libertadores da América.

Jogadores comemoram gol de Lucas Piton no clássico Santos x Corinthians

Foto: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

Primeiro Tempo

Mesmo jogando fora de casa, o Timão propôs o jogo e obteve maior sucesso com 10 finalizações, enquanto o Santos fez apenas duas. Ariel Holan colocou três zagueiros sem mobilidade que apostavam em bolas longas para Kaio Jorge e Bruno Marques, deixando um buraco no meio-campo. Assim, João Victor, Gabriel e Raul arriscaram e quase abriram o placar.

Após martelar o rival, o Corinthians conseguiu abrir o marcador aos 38 minutos, com Raul. Após rebote de Vladimir em finalização de Jemerson, o zagueiro deu um chute certeiro e marcou pela primeira vez como profissional. O zagueiro Wellington Tim levou o segundo amarelo e foi expulso, causando uma piora na situação do Santos. Na cobrança de falta do cartão vermelho, Lucas Piton bateu com perfeição e ampliou para o Timão.

Segundo Tempo

Na volta do intervalo, Ariel Holan não fez as substituições necessárias e continuou vendo o domínio corintiano. Aos 22 minutos, o argentino apostou em Lucas Venuto para aumentar a velocidade junto com Renyer, que havia substituído Bruno Marques ainda no primeiro tempo. Após vacilo do contestado Luiz Felipe, Gabriel Pereira quase faz o terceiro para o Corinthians. Porém, o placar construído na primeira etapa foi até o final.

Com a derrota, o Santos permanece com nove pontos, em segundo no Grupo D, mas com o líder Mirassol distante. Agora o Peixe tem duelo dificílimo nesta terça, contra o Boca Juniors, na Bombonera, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores.

O Corinthians, por sua vez, recebe o Peñarol na quinta, às 19h15, pela segunda rodada da Sul-Americana. A vitória no clássico levou o Timão à liderança isolada no Grupo A do Paulistão, com 21 pontos em dez jogos.

Protesto pós-clássico!

Após a derrota diante do Corinthians, os torcedores do Santos protestaram em frente à Vila Belmiro. Aos gritos de “Time sem vergonha”, um grupo se aglomerou em frente ao estádio e mostrou descontentamento com o atual momento da equipe. Muitos torcedores estavam sem máscara e desrespeitando o distanciamento social, como medidas de contenção ao avanço do novo coronavírus.

Deixe seu comentário

BOMBOU!

Recomendadas para você