Paula e Rodrigo serão interrogados pela polícia assim que deixarem o “BBB19”

A mineira é acusada de injúria por preconceito contra o brother

Por: João Paulo Soares | 22 março - 12:30

Paula e Rodrigo podem estar entre os emparedados do “BBB19” e, se um dos dois for eliminado do programa, será interrogado pelo delegado titular da DECRADI – Delegacia de Combate à Intolerância Religiosa – assim que chegar ao hotel.

“Vou ouvi-los no momento em que um deles venha a ser desclassificado. Ou, quando o programa encerrar, vou ouvi-los no hotel em que eles ficam de quarentena”, disse o delegado Gilbert Stivanello em entrevista à revista QUEM.

Foto: Reprodução/TV Globo

A mineira é acusada de injúria por preconceito contra Rodrigo. “O motivo do preconceito seria intolerância religiosa”, explicou ele.

Gilbert ainda explicou que vai esperar pela saída dos participantes para serem ouvidos, porque o processo ainda está dentro do prazo previsto. “O programa vai acabar e meu prazo não vai ter encerrado para o procedimento. Preciso verificar se o Rodrigo se sentiu ofendido e quer levar o caso adiante”, disse.

“Ele ainda nem sabe o que aconteceu. Conversei com a TV Globo a respeito e isso acarretaria eliminação e não considero justo penalizar pela segunda vez uma pessoa que pode ter sido vítima de um delito”, explicou o delegado.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você