Campeã do BBB 19, Paula é indiciada por intolerância religiosa

O inquérito será encaminhado para a justiça, que analisará o caso

Por: Redação Metropolitana | 19 abril - 12:08

Depois de prestar depoimento na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (DECRADI), após ser acusada de preconceito contra Rodrigo no Big Brother Brasil 19, Paula foi indiciada pela polícia por intolerância religiosa.

O inquérito será levado para a justiça, que analisará o caso. A pena para pode chegar a três anos de pisão, além de multa.

Foto: Divulgação

MAIS DE PAULA

Hariany não comparece em festa de Paula e explica: “Tudo muito recente”

Paula, campeã do BBB19, é proibida de dar entrevistas

Hana detona Paula, vencedora do BBB19: “Ela é racista e feriu toda uma nação”

“Após a oitiva dos envolvidos, análise de vídeo e demais diligências realizadas, concluiu-se pela ocorrência de injúria por preconceito (art. 140 §3º do Código Penal), que acarretou o indiciamento de Paula von Sperling Viana. A Polícia Civil se pauta pelo respeito à liberdade de expressão, mas destaca que, por meio desta, não se pode violar a dignidade da pessoa humana, repudiando todo e qualquer ato ofensivo à religião, etnia, orientação sexual, procedência geográfica, etc do próximo”, diz a nota oficial da polícia do Rio.

Deixe seu comentário

Mais lidas

Recomendadas para você