Metropolitana FM

BBB21: Fiuk revela que sofreu bullying na escola

Na casa “extra” do BBB21, Fiuk conversou com Projota e Arthur sobre sua época de escola, no qual revelou sofrer bullying e que tinha problemas respiratórios.

“Teve uma época que eu levava tubo de oxigênio para a escola. Os moleques me davam tapa na cabeça e era falta de ar na hora. Fui internado três vezes. Minha mãe foi muito parceira, se não fosse por ela… Eu chorava sozinho”, revelou o artista.

Fiuk também relembrou como foi o diagnóstico de DDA (transtorno de deficit de atenção): “Não era uma coisa positiva na escola, os moleques acabavam comigo. Eu não conseguia ser amigo de ninguém. As meninas sempre ficavam com dó, mas até a minha pré-adolescência foi brabo. Quando eu li, conheci o que era DDA”.

Casa “extra”

Os brothers, que estão na casa “extra”, foram imunes por terem sido mais votados pelo público: são os participantes Lumena, Juliette e Arthur, do grupo Pipoca; e Fiuk, Projota e Viih, do grupo Camarote.

Eles precisam ainda decidir em consenso um nome para indicar ao paredão dessa semana. Apesar da responsabilidade, quando o apresentador Tiago Leifert os informou do bônus que receberam, eles comemoraram a imunidade concedida pelo público.

Além dos participantes mais votados pelo público, Nego Di e Lucas Penteado, dupla composta do grupo Camarote, também receberam imunidade por vencerem a primeira prova de resistência da edição, após cerca de 9 horas, nesta terça-feira (26). Leia Mais.

MAIS DE BBB21:

Xuxa diz que Fiuk ‘vai pegar mais de uma’ no BBB21

BBB 21: Confira os participantes que lideram ranking de popularidade digital

Confira tudo que rolou no mundo dos famosos:

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO:

BOMBOU!

Você também vai gostar: