Falta 1 dia para o ENEM! Nós respondemos suas perguntas sobre a prova

Por: Alefy Soares | 04 novembro - 8:51 AM | comentários

O ENEM 2016 começa amanha! e o nervosismo consome, né? A gente sabe… Vestibular sempre é algo complicado.

Mas resolvemos te ajudar! Perguntamos no nosso facebook quais eram as suas dúvidas sobre o ENEM, e aqui nós vamos respondê-las. 

Confira:

Quantas pessoas corrigem a redação do ENEM? 

Pergunta de Wallace Junior

Normalmente, duas pessoas corrigem a redação do ENEM. Mas, se a discrepância entre as notas de um corretor e outro for muito grande (maior do que 80 pontos), um terceiro corretor entra como “tira-teima”. Para saber os critérios da correção da redação, clique aqui.

 

Qual a diferença entre conotação e denotação?

Pergunta de Ravenna Santos

Uma palavra ou uma expressão podem ter mais de um sentido. Quando esse sentido é exatamente o que está escrito, é o sentido denotado. É literalmente aquilo, e pronto. Se não, se é um sentido abstrato, é a conotação. 

Por exemplo, quando você diz “soltar os cachorros”, pode ter dois sentidos: o primeiro é ficar muito bravo (conotado) e o segundo é, literalmente, soltar os cachorros de algum lugar que eles estejam presos. Isso já é denotado. 

A conotação também serve para ilustrar tudo aquilo que é só uma expressão popular. Quando você diz que alguém tem o coração de pedra, você não está literalmente dizendo que o coração dela é feito de pedra, e sim que ela é alguém fria. Logo, o sentido é conotado.

 

Qual é a diferença entre mitose e meiose?

Pergunta de Ravenna Santos

Na mitose, o núcleo e o citoplasma da célula-mãe se dividem em dois, e geram duas células idênticas. O material genético é igual, o número de cromossomos é igual, os cromossomos são iguais… E depois, elas podem fazer mitose novamente.

Na meiose, o núcleo  da célula-mãe se divide duas vezes (formando quatro), e o mesmo acontece com o citoplasma. O conteúdo genético é outro, e a célula resultante vai ter só metade dos cromossomos da mãe. Esse conteúdo não pode fazer a meiose novamente.