Rihanna aparece em lista reconhecida pela ONU entre as 100 pessoas mais influentes de ascendência africana

A lista premia pessoas com menos de 40 anos e que impactam a sociedade pelo mundo

Por: Alefy Soares | 13 junho - 11:03 AM | comentários

Cada vez mais Rihanna surpreende seus fãs, não só com trabalhos de muito sucesso, mas também com grandes feitos divulgando a cultura negra.

Dessa vez, a cantora foi reconhecida pela MIPAD na lista das 100 pessoas mais influentes de ascendência africana. A lista é reconhecida pela ONU (Organização das Nações Unidas).

A lista premia pessoas com menos de 40 anos e que impactam a sociedade pelo mundo.

Confira o anúncio:

Honrando sua descendência, Rihanna criou a “Clara Lionel Foundation”, organização fundada em 2012 pela cantora para beneficiar comunidades carentes. A partir disso, ela faz ações sociais na África.

Recentemente, ela apareceu em um vídeo ensinando matemática para crianças do Malawi, como já mostramos aqui.

Demais, não é mesmo?! Deixe seu comentário!

Deixe seu comentário