Reality show da Record, “A Casa”, assusta com regras e é denunciado pelo Ministério Público

Parece que esse reality show vai dar uma treta...

Por: Alefy Soares | 28 junho - 6:53 PM | comentários

Na última terça-feira (27), a Record estreou um reality show que está gerando polêmica em todo o Brasil. Nela, cem participantes são inseridos em uma pequena casa, com apenas dois banheiros e recursos limitados.

Os itens de higiene são repostos diariamente, mas apenas em 4 unidades. No primeiro episódio, os participantes se secaram com cueca após o banho para não dividir as toalhas que estavam encharcadas.

O diferencial do reality show é que os participantes são responsáveis por administrar o prêmio inicial de R$ 1 milhão. A cada semana, um dos moradores é escolhido como “dono da casa”, que seria como o “líder” do BBB, e pode gastar o dinheiro para comprar itens necessários para o confinamento: comida, produtos de higiene, limpeza, dentre outros. No entanto, a quantia gasta será reduzida do prêmio final.

O programa apresentado por Marcos Mion foi denunciado ao Ministério Público e aos Direitos Humanos, segundo informação do colunista Leo Dias, do jornal “O Dia”.

“É um reality de sobrevivência que, ao invés de ser na selva, é em uma casa”, disse o diretor geral Rodrigo Carelli.

O dono da casa, aliás, será o único com direito a uma suíte privativa e a escolher quantos candidatos serão eliminados na semana. A votação não terá intervenção do público.

E claro, já está rolando treta nas redes sociais.

Veja:

 O que você achou? Não esqueça de deixar a sua opinião nos comentários!

Fonte: Gazeta Web/ Record

Deixe seu comentário