Assustador!

Imagens fortes! Mulher faz duas cirurgias ao ser picada por aranha em casa

Essa é para quem tem estômago forte...

 

Mãe de quatro filho, Lauren Boddy, de Reading, na Inglaterra, passou por um dos momentos mais assustadores de sua vida! A moça foi hospitalizada e teve que passar por várias cirurgias após ser picada por uma aranha-de-jardim.

Em maio de 2017, a mulher identificou uma pequena mordida vermelha com uma bolha d’água em sua perna. O profissional prescreveu antibióticos e a mandou para casa, mas parece que não deu muito certo. “Em dois dias a picada tinha mudado de cor e inchado, então eu voltei ao hospital. Eles prescreveram ainda mais antibióticos por que não sabiam dizer se foi uma mordida ou uma reação alérgica. Eles atém perguntaram se eu tinha viajado para outro país“, contou a mãe de 27 anos de idade.

Mais alguns dias se passaram e eu estava toda arrepiada e tinha febre. Eu voltei ao centro médico e eles me internaram imediatamente“.

Confira:

Já no hospital, Lauren foi submetida a diversos exames de sangue e raio-X. Após o resultado, teve que passar por uma cirurgia para remover a picada, que tinha se transformado em um abscesso. Ela passou dois dias internada e, após o período, retornou para casa com mais antibióticos.

Alguns dias depois, ela estava na cama com o filho mais novo de 2 anos de idade quando sentiu outra picada. A mulher levantou imediatamente, mas não conseguiu encontrar o aracnídeo. Como ela ainda estava em tratamento para a primeira mordida, a enfermeira que acompanhou o caso garantiu que os antibióticos dariam conta do recado. Mas não foi o que aconteceu.

Após dois dias, a picada estava enorme. Os médicos me examinaram e ligaram imediatamente para um cirurgião para retirá-la novamente“, contou a mulher ao The Daily Mirror.

Depois de ter sido liberada pela segunda vez, Lauren encontrou a aranha que provocou tanta confusão: “Minha mãe viu algo se movendo em um dos meus vestidos, então nós pegamos a peça e colocamos um copo sobre a aranha. Ela ficou atacando o vidro“, relembrou a mãe. “Eu ia mandá-la para um teste, mas não queria que ela ficasse na minha casa, então a matei com um chinelo“.

Que situação terrível, não é mesmo?! Deixe seu comentário!

RECOMENDADAS PRA VOCÊ

Deixe seu comentário