Depois de 8 meses conselho aprovou a cassação de Eduardo Cunha

Por: Redação Metropolitana | 15 junho - 10:07 AM | comentários

Nesta terça-feira (14), oito meses após a denúncia, o conselho de Ética da Câmara aprovou a cassação do mandato de Eduardo Cunha (PMDB), que já está afastado desde o dia 05 de Maio. Foram 11 votos a favor e 9 contra, Marcos Rogério (DEM) afirma “Estamos diante do maior escândalo que esse colegiado já julgou”.

“Se o resultado que sair daqui não for a aprovação desse relatório, quero dizer que esse Conselho de Ética deve se extinguir, que esse Conselho não terá legitimidade ou autoridade para cassar nenhum outro deputado. Nenhum caso teve tantas evidências, tantas provas. Esse Conselho, se não aprovar a cassação, deixa de ter qualquer autoridade moral para punir quem quer que seja”, disse o deputado Betinho Gomes  (PSDB) no discurso favorável à cassação.

Cunha foi acusado de ter contas bancárias na Suíça, é suspeito de envolvimento no esquema da Petrobras e te atrapalhar as investigações da Operação Lava Jato.

Deixe seu comentário