Corinthians vê Nilmar caro até pra Europa e procura reforço na Série B

 

O gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, afirmou que os altos valores pedidos por Nilmar afastam o atacante do Parque São Jorge. Nas primeiras conversas, segundo o clube, o agente do jogador, Orlando da Hora, pediu R$ 1 milhão de salário, além de R$ 2 milhões de luvas.

Edu brincou ao dizer que o pedido de Nilmar é difícil de ser cumprido até por clubes da Europa. Ele descartou usar o dinheiro de uma provável venda de Romarinho para contratar Nilmar.

Obviamente que os valores que se comentaram sobre o Nilmar são valores difíceis até mesmo para o futebol europeu, imagina o brasileiro. Eu não acredito que uma coisa (a venda de Romarinho) tem a ver com a outra, é totalmente distinta. Vamos avaliar a situação do Romarinho e depois veremos outras coisas – afirmou o dirigente.

O Corinthians espera negociar Romarinho por 7,5 milhões de euros (quase R$ 22 milhões), dos quais 40% (R$ 8,5 milhões) serão embolsados pelo clube – os 60% dos direitos econômicos restantes são divididos entre o empresário Carlos Leite e o Bragantino.

Classificado para as quartas de final da Copa do Brasil e quarto colocado no Campeonato Brasileiro, o Corinthians ainda tenta reforçar o elenco. A diretoria, no entanto, esbarra em dificuldades para contratar e cogita até se reforçar com jogadores que disputam a Série B.

O mercado está com valores difíceis, jogadores de Série A são difíceis para contratar porque a maioria já fez os sete jogos. Estamos avaliando o mercado, estamos vendo a Série B, que é um mercado que nos atrai, enfim, estamos olhando alguém que nos atenda para uma sequência de jogos, não apenas um ou dois jogos. Precisamos fazer as coisas com calma para tomar a melhor decisão possível – afirmou.

Fonte Lancenet

RECOMENDADAS PRA VOCÊ

Deixe seu comentário